Uma voz rouca embargada arrepende-se. O fumo de um cigarro é levado pela ventoinha até às cortinas venezianas. Do lado de fora, sinais de néon iluminam o cartaz de cinema. Letras garrafais anunciam "The Maltese Falcon", o filme de 1941 realizado por John Huston ("Relíquia Macabra" em Portugal).

Não há espaço para dúvidas na mente do realizador George Gallo e do escritor Richard Salvatore: os clichés são para ser usados e em “Segredos do Passado” ("The Poison Rose"), os do "film noir/hard-boiled" são para ser exacerbados.

Carson Phillips (John Travolta) é um detetive privado da velha guarda em decadência, com um fraquinho por "femme fatales" de caneta em riste no livro de cheques. Quando um caso sobre uma mulher desaparecida lhe entra no escritório, mal sabe ele que irá retornar à sua velha terra natal e envolver-se numa trama de corrupção, chantagem, drogas e claro, assassinato.

Com a teia de crimes a entrelaçar-se cada vez mais e os casos a amontoarem-se, passamos pelo chorrilho de personagens peculiares próprias deste universo edificado por escritores como Dashiell Hammett ou Raymond Chandler.

Aqui, o "king pin" é Morgan Freeman, o "big-shot" por quem nutrimos simpatia, mas é implacável ao mais ínfimo olhar de desconfiança. Brendan Fraser é um vilão com cecear divertido e um apreço inestimável por comprimidos. Famke Janssen é a "femme fatale" de Travolta e, como Lauren Bacall nos clássicos filmes de Humphrey Bogart, tem muitos segredos por revelar.

De registo fotográfico lânguido e esfumaçado, onde as cores sensuais e o som do saxofone pintam o melhor de cada ato, "Segredos do Passado" é uma história de redenção, com criminosos obscuros e filhas há muito perdidas.

Prometedor no início, com o assumir dos clichés do género e respeitador da tradição, perde-se no mistério e na resolução do crime, entrelaçando-se numa salganhada arrependida até ao final. Embora tenha a atmosfera devida, nunca compõe o suspense e a previsibilidade acaba por revelar um argumento denso e cansado, que não faz justiça à qualidade dos seus atores.

Ainda assim, está em preparação a sequela, "The Lost Rose".

"Segredos do Passado": nos cinemas a 30 de maio.

Crítica: Daniel Antero

Saiba mais no site Cinemic.

Trailer:

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.