É certo que nem todos são verdadeiramente “caloiros”, como ressalvou hoje, na apresentação do evento, o presidente da Associação Académica do Instituto Politécnico de Bragança (IPB), Ricardo Pinto, que espera, porém que todos façam a festa e participem nas atividades programadas.

O politécnico de Bragança está entre as instituições de ensino superior que menos entradas registou nos concursos nacionais, com apenas 700 caloiros, mas conseguiu mais do dobro de novos alunos através de outros públicos como os maiores de 23 anos e o Cursos de Especialização Tecnológica (CET), como realçou o dirigente académico. “São alunos como os outros”, frisou, que entram pela primeira vez na instituição de Ensino Superior que contabiliza cerca de sete mil estudantes em cinco escolas.

A Semana de Receção ao Caloiro reserva a todos cinco dias de folia no início do letivo, apesar da crise e da falta de apoios de que se queixa a Associação Académica. O presidente Ricardo Pinto garantiu que esta é a ”única associação académica do país que não tem patrocínios para este tipo de eventos”. “Não temos patrocínios de ninguém, fazemos por nós próprios”, enfatizou, admitindo que “os tempos estão difíceis” também para as empresas da região.

Com tudo contabilizado “ao cêntimo”, a Associação Académica conseguiu chamar a Bragança os artistas mais solicitados pelos alunos num inquérito que realizou a cada um durante o período das matrículas.

O cabeça de cartaz será Anselmo Ralph, mas pelo pavilhão da associação empresarial de Bragança passarão também, nas restantes noites, DJ Ride, Jimmy P, Quim Barreiros e as tradicionais tunas.

Esta semana tem ainda uma missa, o batismo e o desfile dos caloiros e vai apresentar uma nova banda resultado de um desafio lançado pela Associação Académica aos alunos do terceiro ano de Educação Musical da Escola Superior de Educação.

A nova banda “8GB´s” apresenta-se na semana do caloiro e promete atuar em outros eventos da academia com formações diferentes, dando oportunidade aos diferentes alunos do curso.

Os preços para esta Semana de Receção ao Aaloiro “são acessíveis”, garante a organização, sendo possível aos estudantes participarem em todos os eventos com um bilhete único de 29 euros, que custará 37 para o resto da população. Quem pretender comprar bilhete para cada espetáculo pagará entre cinco e 15 euros conforme o dia e se for ou não estudante. No penúltimo dia, o preço é igual para a toda a gente.

@Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.