O cantor entrou em palco com chapéu de palha meio enterrado na cabeça e com “Number with No Name” entre os dentes.À sua frente, uma pequena multidão aguardava desde a abertura do recinto, às 15h00, a entrada do senhor que mistura Blues, Soul, Reggae e Rock Alternativo, um elixir de boas vibrações que faz levitar o público conhecedor das letras.

Ben, de Benjamin, trouxe músicas novas do álbum "Give Till It’s Gone", lançado em maio de 2011, trabalho que ainda não tinha sido mostrado nos palcos nacionais. Mas também brindou os presentes com temas mais conhecidos como "Diamonds on the inside" ou "Amen Omen".

De camisa cor-de-rosa, guitarra a tiracolo e com os braços em forma de coração, cantou ainda"Don’t Give Up", "Rock n Roll is Free" e "All my Heart Can Take".

Momento da noite

Quem deu um pulo ao palco e emprestou glamour ao cantor foi Vanessa da Mata. Dentro de uma saia esvoaçante florida e uma blusa azul-elétrico, aberta nas costas, a brasileira "sambou" na Herdade da Casa Branca ao som dos acordes de “Boa Sorte”.

Pela segunda vez na Zambujeira do Mar – já tinha atuado no SudoesteTMN em 2008 –, Vanessa da Mata voltou a conquistar a assistência - apesar dos curtos quatro minutos em palco - com o som adocicado e contagiante da sua voz.

Na assistência, as 26 mil pessoas – número avançado pela promotora Música no Coração – balanceavam os ombros num dia onde o mote das mensagens era a Paz no mundo. Em bicos de pés ou sentados no relvado, os festivaleiros entraram na onda.

Texto: Nuno de Noronha

Foto: Sílvia Lopes

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.