Recentemente, em entrevista à revista Variety, Billie Eilish confessou que se sentia atraída por mulheres. "Amo-as. Amo-as enquanto pessoas. Sinto-me atraída por elas enquanto pessoas. Fisicamente atraída. (...) Mas também me sinto intimidada pela sua beleza e presença", revelou a artista.

Este fim de semana, no evento Hitmakers, promovido pela publicação, a artista foi novamente questionada sobre a sua orientação sexual. "Era tão óbvio, não era? Não tinha percebido que as pessoas não sabiam", respondeu a cantora norte-americana.

"Por que não podemos simplesmente existir? Eu assumo-me há muito tempo, e simplesmente não falei sobre isso. (...) Mas eu vi o artigo e fiquei tipo: 'Oh, acho que saí do armário hoje. OK, boa'. É emocionante para mim porque acho que as pessoas não sabiam, mas é bom que elas saibam", acrescentou.

A conversa na red carpet do evento tornou-se viral nas redes sociais e Billie Eilish decidiu comentar a entrevista, criticando a revista por ter abordado um assunto pessoal e não o seu trabalho. "Gosto de rapazes e de raparigas. Deixem-me em paz sobre isso", escreveu.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.