Este ano, o festival foi reduzido de dois para um dia de concertos, que estarão repartidos por três espaços do cinema São Jorge.

O festival, que coincide com o Dia Europeu da Música, tem como objetivo divulgar a mais recente música portuguesa, sublinha a FNAC em comunicado, mostrando ao vivo alguns dos nomes que tem divulgado anualmente numa compilação discográfica.

Este ano o festival contará com concertos de Mazgani e Samuel Úria, que já integraram em 2007 e 2009 as coletâneas da FNAC e que editaram há poucos meses novos álbuns, "Common Ground" e "O grande medo do pequeno mundo", respetivamente.

Pelo São Jorge passarão ainda os Nice Weather for Ducks, que de estrearam em 2012 com o álbum pop "Quack!", os Tape Junk, nova banda de João Correia (dos Julie & The Carjackers), os Quelle Dead Gazelle, que venceram este ano o Festival Termómetro, Ana Cláudia, Colibri, First Breath After Coma, Ermo e Coelho Radiactivo.

Os Brass Wires Orchestra, folk rock nacional, e Little Friend, alterego musical do luso-britânico John Almeida, que lançou este ano o álbum "We will destroy each other", completam o cartaz.

Com exceção de Mazgani e Samuel Úria, todos os dez artistas deste ano do festival integram a edição deste ano da coletânea FNAC Novos Talentos, que tem contado com direção artística do radialista Henrique Amaro.

A edição deste ano da coletânea reúne canções inéditas de 36 novos artistas portugueses e as receitas da venda do álbum revertem a favor da AMI - Assistência Médica Internacional.

A coletânea Novos Talentos já deu a conhecer nomes como Deolinda, Orelha Negra, Mazgani, We Trust, Best Youth, Capicua e Miúda.

Os bilhetes para o concerto de sexta-feira no Cinema São Jorge, em Lisboa, custam 4 euros.

@Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.