"Passei os últimos dois anos a trabalhar num álbum chamado «Red»", disse Taylor, citada pela editora em comunicado. O nome do disco deve-se "às loucas e tumultuosas aventuras de amor e desilusão" que retrata.

"Na minha cabeça, quando se vive um amor rápido e fora de controlo, misturado com paixão, ciúme, frustração, mal entendidos e todas essas emoções… Em retrospetiva tudo parece vermelho", afiança Taylor Swift.

O trabalho discográfico terá a chancela da Big Machine Records e vai incluir 16 canções. Depois de ter composto sozinha o seu último álbum, intitulado "Speak Now", neste novo registo Taylor Swift colaborou com diversos artistas, produtores e compositores, "figuras com quem sempre quis trabalhar", refere a editora.

O primeiro single de "Red" chama-se "We Are Never Ever Getting Back Together", foi escrito por Taylor Swift, Max Martin, Shellback e está disponível nas lojas digitais.

A data para o início da pré-venda do disco será anunciada em breve, indica a editora.

Com 22 anos, Taylor Swift já ganhou seis Grammys e é a mais jovem vencedora da história a ter alcançado o Grammy para Álbum do Ano, fruto do seu trabalho no álbum "Fearless", de 2008.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.