Inserido na programação das festas da cidade de Portalegre, o festival, promovido pela associação Portalegre Core, reúne em cartaz bandas de diversos géneros musicais, como punk, metal, rock e blues.

“Nós queremos dar uma alternativa às pessoas em plena época das festas da cidade, com uma programação direcionada para a juventude”, disse hoje à agência Lusa o presidente da associação Portalegre Core, Hugo Correia.

De acordo com o responsável, a iniciativa, a realizar no espaço Robinson, pretende também “despertar” o interesse dos jovens por projetos musicais que são desenvolvidos a nível local.

O festival arranca na quinta-feira, tendo como embaixador o radialista António Freitas, que fará a apresentação das bandas e, na sexta-feira, vai presentear os festivaleiros com um Set, após os concertos.

No primeiro dia, considerado o “Dia Alternativo”, vão passar pelo festival as bandas Spinning Sparks, Viajantes do Tempo, Sabão Azul e Branco, AnderSkor e ainda o DJ Adegas.

O “Dia Punk”, na sexta-feira, vai ficar marcado pela presença dos Taberna, Magnetic Roll Bar, Carne de Kañon, DJ Surdo e pelos Mata-Ratos.

O festival encerra no sábado, “Dia Metal”, com as bandas Gurn Damage, Woros of Truth, Overcgme the Sky e Destroyers of all.

“Os Mata Ratos são os cabeças-de-cartaz. É uma banda de renome em Portugal e que marca assim presença nesta primeira edição”, disse Hugo Correia.

Diariamente, as portas do festival abrem às 21:00, estando o seu encerramento previsto para as 04:00.

A Portalegre Core é uma associação cultural sem fins lucrativos, criada em Portalegre no final de 2013 e que tem como objetivo “enaltecer e promover as pessoas da cidade que estão ligadas à música, bem como a qualquer iniciativa cultural”.

@Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.