"Estamos a falar em fazer alguma coisa juntos, acho que já está na altura de gravar alguma coisa em português", disse Nelly Furtado, em declarações aos jornalistas na sexta-feira à noite, em Toronto, depois de ter cantado com António Zambujo numa receção oferecida pelo Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, à comunidade portuguesa do Canadá.

Ao lado de Nelly Furtado, António Zambujo corroborou a cantora luso-canadiana, acrescentando que essa possibilidade foi falada, principalmente por causa das ligações que Nelly Furtado tem com os Açores, onde nasceram os seus pais.

"Por causa das músicas tradicionais que lhe mostrei e que ela gostou muito, ela sugeriu que poderia ser interessante fazer alguma coisa ligada à música tradicional, mas uma coisa de originais", adiantou o fadista português.

Nelly Furtado, que falou aos jornalistas em português, confessou ainda estar "cheia de orgulho" pela condecoração que momentos antes tinha recebido das mãos do Presidente da República português. "Foi uma noite inesquecível para mim", afirmou, manifestando também a sua satisfação por ter conhecido António Zambujo e ter tido oportunidade de cantar com o fadista português.

"A minha alma está dividida, tenho uma parte canadiana e uma parte açoriana, portuguesa", acrescentou ainda Nelly Furtado, que foi condecorada com a comenda da Ordem do Infante D. Henrique.

@Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.