A 5 de Fevereiro decorrerá a final do concurso de música portuguesa Festival Termómetro, na LX Factory, com a actuação das bandas finalistas, mas terá também como convidados Noiserv e Dead Combo, que actuarão juntos para interpretar repertório de ambos.

Noiserv é o projecto em nome próprio de David Santos, um músico que, rodeado de mais de uma dezena de instrumentos modernos, antigos e de brincar, constrói canções pop acústicas melancólicas.

Tem editados um álbum e um EP em edição própria, escreveu grande parte da banda sonora do documentário "José & Pilar", integra ainda o grupo You Can't Win Charlie Brown e prepara actualmente o novo álbum de originais, a editar no final deste ano.

Dead Combo é o duo instrumental do contrabaixista Pedro Gonçalves e do guitarrista Tó Trips, cujo universo musical tanto remete para a música tradicional portuguesa como para o blues rock americano.

O grupo tem três discos de originais editados, incluindo "Lusitânia Playboys", de 2008, e uma série de colaborações com vários artistas portugueses.

No dia 5 de Fevereiro actuarão também os Black Taxis, vencedores do Festival Termómetro de 2010, e, a fechar a noite, o DJ Pedro Ramos.

O Festival Termómetro vai na 16ª edição e é anualmente um palco de divulgação de novos artistas da música portuguesa.

Dos 25 novos projectos portugueses e estrangeiros seleccionados, foram escolhidos para a final cinco nomes nacionais e um belga: Iconoclasts, Richie Campbell, Utter, SxxS, Salto e Teme Tan (Bélgica).

O Festival Termómetro - que já se chamou Termómetro Unplugged - começou em 1994 e por lá passaram grupos como Blind Zero, Silence 4, Mazgani, Alla Pollaca, Youthless, Madame Godard, Long Way to Alaska e Terrakota.

@SAPO/Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.