O registo reflecte – pode ler-se em comunicado de imprensa – “uma mudança acentuada em relação ao álbum ‘The Flying Club Cup’ e ao EP ‘March of the Zapotec’”.

“The Rip Tide” chega ao mercado discográfico com o selo da independente Pompeii Records – uma editora criada pelo próprio Zach Condon. “A Pompeii Records é pertença exclusiva de Zach Condon e não tem qualquer ligação com grandes editoras, de forma a preservar por completo o controlo criativo”, revela o comunicado.

Recorde-se que o músico norte-americano regressa a Portugal em Julho, para um concerto no Super Bock Super Rock.

Confere o alinhamento do álbum:

A Candle's Fire
Santa Fe
East Harlem
Goshen
Payne's Bay
The Rip Tide
Vagabond
The Peacock
Port of Call

Sara Novais

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.