“Buraka”, já disponível para pré-venda no iTunes, “trata de música de dança e cultura. Trata de retratar a viagem pessoal de cinco indivíduos criativos, determinados a convidar o mundo a participar num novo estilo de vida global”, pode ler-se em comunicado.

“Já não se trata de apresentarmos o Kuduro. Já não se trata de voltarmos a olhar para o sucesso do ‘Black Diamond’ e definitivamente já não se trata de nos rodearmos de artistas de maior dimensão para validar o nosso trabalho”, explica Branko.

Como tal, neste novo álbum dos Buraka Som Sistema os convidados foram “reduzidos ao mínimo, recrutados exclusivamente dentro da rede de artistas em que orbita Buraka”. São eles a cantora britânico-argelina Yadi e o produtor lisboeta em ascensão Bison, que “ajudam a moldar a sonoridade zouk bass dos Buraka numa canção pop moderna, em Do Me Now”; Alo Wala, “que contribuem com as suas batidas tropicais de inspiração indiana em In a Minute”; e o reconhecido artista luso Vhils, que “entra numa colaboração visual para um explosivo vídeo no hino global,Stoopid”.

Em palco, “Buraka” será apresentado já no próximo dia 31 de maio, na Queima das Fitas de Évora, e, posteriormente, no festival Sonar, em Barcelona (13 de junho), na Irlanda (21 de junho), França (28 de junho), Holanda (5 de julho), no Optimus Alive’14 (11 de julho), Freamunde (13 de julho), Noruega (19 de julho), Bélgica (20 de julho), Austrália (25 de julho), Cantanhede (1 de agosto), no festival Sol da Caparica (14 de agosto), na Bélgica (16 de agosto) e na Croácia, a 4 de setembro.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.