"Para cada solução de software proprietário, existe uma alternativa Open Source"? esta poderia ser uma afirmação válida também em sistemas operativos Windows.

Por exemplo, um dos programas mais usados em ambiente Windows para a criação e a edição musical é o
Cubase, da Steinberg.

Existem pelo menos duas aplicações Open Source capazes de oferecer as mesmas funcionalidades:
RoseGarden (versões já compiladas para Mandriva, Debian, Ubuntu, SuSE, ALT Linux e PCLinuxOS) e
Audour (este tem a particularidade de conter versões compiladas para Mac OS X, para além das distribuições Linux mais conhecidas).

No caso de um sequenciador de bateria/samples pode utilizar uma demo limitada do
FruityLoops (ou FL Studio) para Windows, mas existem alternativas: o
LMMS - Linux MultiMedia Studio ou o fantástico
Hydrogen Drum Machine.

Para fazer o output do som de umas aplicações para outras, temos o
Jack, este é um pequeno programa que funciona como um servidor de áudio de baixa latência compatível com sistemas operativos linux e Mac OS X.

No que toca à edição de ficheiros Wav, existe um óptimo programa da Steinberg: o
Wavelab. Infelizmente, além de ser dispendioso, só é compatível com Windows.



Em Linux existem pelo menos três versões válidas: o já bem conhecido
Audacity (que também corre em Windows), o
Sweep (Linux e BSD) e o
WaveSurfer (também com versões para Windows e Mac OS X).

Existem também distribuições Linux pensadas exclusivamente para as necessidades multimédia do utilizador: a
Musix GNU+Linux (baseada no Knoppix) ou a
Sabayon Linux.

Fonte:
http://bits.webhs.org/bitaites/

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.