Criada à semelhança da Orchestra di Piazza Vittorio, que nasceu há 10 anos em Itália, a Orquestra Todos partilha o mesmo maestro, Mário Tronco, e o seu director musical, Pino Pecorelli, e conta com o apoio do Programa Gulbenkian de Desenvolvimento Humano e da Câmara Municipal de Lisboa.

Constituída durante os meses de Verão, dela fazem parte músicos vindos maioritariamente dos países lusófonos.

Através dos originais apresentados por cada um dos músicos – dois brasileiros, um moçambicano, um guineense, dois cabo-verdianos, um italiano, um português e um espanhol – o maestro Mário Tronco elaborou a orquestração das diversas composições, sintetizando uma enriquecedora multiplicidade de instrumentos e linguagens musicais, em busca de «uma nova musicalidade lusófona».

Este será o terceiro concerto da Orquestra TODOS, depois da estreia no Largo do Intendente, e da apresentação no Teatro São Luiz.

Os bilhetes para o concerto são gratuitos e estão disponíveis na bilheteira da Fundação Gulbenkian.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.