O espetáculo vai contar com a participação dos cantores líricos Montserrat Caballé e Andrea Bocelli, mas também de músicos que fizeram duetos com o tenor, como os italianos Elisa, Zucchero e Jovanotti e o inglês Jeff Beck, um dos considerados mais consagrados guitarristas do mundo do rock.

Ao longo dos anos, estes músicos foram uma presença habitual nos concertos de solidariedade promovidos por Pavarotti em Modena, eventos que ficaram conhecidos como “Pavarotti & Friends" e que foram exemplos da possível convivência entre a ópera, o rock e a música pop.

O concerto de quinta-feira, de entrada gratuita, também será uma oportunidade para conhecer novos talentos do mundo da ópera.

O evento, intitulado “Luciano's Friends - The talent goes on” (“Os amigos de Luciano. O talento continua”, em português), será promovido pela Fundação Luciano Pavarotti, organização fundada pela segunda esposa do tenor, Nicoletta Mantovani, para manter viva a memória do maestro e para apoiar novas gerações do canto lírico.

Pavarotti morreu aos 71 anos, vítima de um cancro do pâncreas. O tenor e maestro foi um dos nomes mais conceituados do mundo da ópera e um dos mais importantes embaixadores da cultura italiana.

Dados oficiais referem que o tenor italiano vendeu ao longo da sua carreira de 45 anos cerca de 100 milhões de discos.

Em setembro de 2006, Portugal foi um dos locais escolhidos para receber um dos concertos da “Tournée de despedida” do cantor lírico, mas o evento acabou por ser cancelado, porque Pavarotti foi submetido na altura a uma intervenção cirúrgica nos Estados Unidos da América.

@SAPO/Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.