O beatboxer de 26 anos tornou-se uma verdadeira bateria humana cuja versatilidade se adequa aos mais variados estilos músicais, representação e animação.

A arte a que Rizumik se dedica profissionalmente desde 2004 já lhe valeu o prémio Jovens Criadores 2008, com o projecto vocal aCorda com Sara Belo, e, já este ano, sagrou-se vice-campeão da 3ª edição do concurso de beatbox “Às 3 Pancadas”, em Barcelos. Em 2009 representou Portugal no Beatbox Battle World Championship, em Berlim.

As suas maiores influências prendem-se, sobretudo, com espectáculos de palco como STOMP, Mayumana, Cirque du Soleil, Tap Dogs, Gumboots ou Riverdance. A nível musical, no geral, tem como referência a música étnica, música do mundo, funk, soul, jazz, electrónica e fusão. A nível vocal, em particular, as principais influências são Bobby McFerrin, Bauchklang, Michael Winslow ou Beardyman.

@Rita Afonso e Vera Moutinho

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.