“A criação desta chancela traz para Portugal nomes consagrados da literatura brasileira, assim como clássicos contemporâneos e novos valores da literatura do Brasil”, afirma em comunicado o grupo editorial Penguin Random House, que detém em Portugal, entre outras, a editora Alfaguara e a Objectiva.

No comunicado, a diretora do grupo editorial Penguin Random House Portugal, Clara Capitão, assinala que, com esta chancela, os “autores da língua portuguesa" passam a ter "uma casa nos dois lados do Atlântico”.

A Companhia das Letras publicará no Brasil “uma seleção de autores portugueses”, estando prevista, este ano, a publicação do romance “A biografia involuntária dos amantes”, de João Tordo, editado em Portugal em abril último, segundo o documento do grupo.

O romance de Chico Buarque é publicado em Portugal no dia 16 de fevereiro, disse à Lusa fonte editorial.

A brasileira Companhia das Letras afirma, no seu sítio na internet, que é “um romance em busca da verdade e dos afetos". Segundo a editora, o romance corresponde a uma inquietação de Chico Buarque já relatada à imprensa brasileira, o facto de ter um meio irmão, pelo lado paterno, que nunca conheceu.

O pai do cantor, o historiador brasileiro Sérgio Buarque de Holanda, residiu em Berlim no final dos anos 1920. Numa entrevista publicada em 1994, pela Folha de São Paulo, Chico Buarque afirmou que só soube da existência do irmão na década de 1960, e que nunca o conseguiu encontrar.

A única mensagem que Sérgio Buarque de Holanda teria recebido da ex-namorada que deixou em Berlim, seis anos antes de se casar no Brasil, foi durante a II Guerra Mundial, para pedir documentos que provassem que o filho, Sérgio Georg Ernst, não era descendente de judeus, disse o músico ao diário.

Para este ano, segundo fonte editorial portuguesa, “além de Chico Buarque, está garantida a publicação de autores como Fernanda Torres, Raphael Montes e Sérgio Rodrigues, assim como os clássicos Vinicius de Moraes e Carlos Drummond de Andrade”.

A Companhia das Letras foi fundada em 1986, na cidade de S. Paulo, e, segundo fonte editorial, conta no seu catálogo com mais de três mil títulos, que incluem “alguns dos maiores nomes da literatura brasileira e internacional”, como Carlos Drummond de Andrade, Millôr Fernandes, Ana Miranda, José Saramago, Mia Couto, Ondjaki, Paul Auster, Truman Capote, John Cheever ou James Joyce.

@Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.