Gravado nos Boom Studios, em Vila Nova de Gaia, o sucessor de “Magnífico Material Inútil” – considerado pela crítica especializada como um dos melhores discos de 2008 – foi produzido por Jorge Cruz, fundador dos Diabo na Cruz e responsável pela produção dos álbuns de estreia d’Os Golpes e de João Só & Abandonados.

Rei-ban e Duro de Ouvido são dois dos temas que poderão ser encontrados no álbum da banda de Queluz, composta por Jónatas Pires, Filipe Sousa, Silas Ferreira e David Pires.

“Esta música está mais crescida mas continua fresca. Esta música, ou não sei como lhe chame, faz sem esforço aquilo que tanta gente parece andar a dar a alma para conseguir: a fusão perfeita (tão perfeita que quase nem se dá por ela) entre guitarras eléctricas e a tal coisa tradicional portuguesa”, diz Jacinto Lucas Pires, que ouviu o registo em primeira mão, sobre “Pequeno Almoço Continental”.

“Esta música está diferente, sim, mas continua fiel à sua novidade. Aqui brincando com uns quantos vampire-weekendismos, ali reciclando todo o magnífico material inútil. Aqui com doces punkadas guillul, ali com pops de olhar para cima, dançar na luz”, acrescenta.

Sara Novais

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.