Os temas dos Queen são garantia de sucesso, em qualquer espetáculo. Alguns, porém, mais espetaculares do que outros. Que o diga o "The Greatest Queen Symphonic", com a Mercury Falls Band e a Orquestra Nacional de Jovens. Numa digressão nacional e internacional de um ano e meio, esgotaram as salas por onde passaram. A excepção não podia ser feita, no último concerto da digressão, que aconteceu no dia 12 de novembro, no Europarque, em Santa Maria da Feira.

Foi, portanto, com sala cheia e a participação especial da All About Dance Academia que se iniciou o espetáculo. Jovens dançarinas espalhadas pela plateia, com indumentárias onde não faltavam o velhinho casaco de cabedal, o lenço ao pescoço e as camisolas de cavas, entre outros adereços “Mercurianos” dos anos 80, deram luz à Mercury Falls Band e aos cantores que subiram ao palco para interpretar alguns dos temas da eterna banda británica. No alinhamento, músicas como “Hammer to Fall”, “I Want to Break Free”, “Breathru” e “These are the days of our lives”, num ambiente especialmente roqueiro.

É tempo de acrescentar ao espetáculo a vertente sinfónica, com a entrada em palco da Orquestra Nacional de Jovens e do Coro Municipal Marquês de Pombal. A viagem pelas músicas intemporais dos Queen continua, entre temas como “One Vision”, “A Kind of Magic” ou “The show Must Go One”. O poder da música, nesta combinação de Orquestra, com Coro, com as incríveis vozes de Sérgio Lucas, Ana Pinho, Cátia Maricato e Patrícia Silva, magistralmente conduzidos pelo maestro Cristiano Silva são uma ode a uma discografia, já de si, magnífica.

Sobejava já talento em palco, quando Sara Gouveia, jovem que completava nesse dia 13 anos, entra em cena para interpretar “Too Much Love Will Kill You”. O público, há muito rendido, continuou a entoar as músicas que todos sabem de cor, acompanhando os temas, com palmas e ovações.

Numa noite particularmente emotiva, houve tempo para de tudo um pouco. Os “Parabéns a Você” à jovem Sara Gouveia, de Seia; um pedido de casamento em palco; o registo do primeiro espetáculo de Cristiano Silva com a filha de 12 anos. E, no cerne desta emoção, os grandes temas dos Queen. “Who wants to live forever”, seguido do imponente solo “Love of my life”, para o enérgico “Crazy Little Thing Called Love”, desta feita, já com a Academia de dança também em palco.

A fechar, temas como “We will rock you”, “Don’t Stop me Now” e “Radio Ga Ga”. Para uma primeira despedida, dos artistas que haveriam de voltar, para um show final. 

“The Greatest Queen Symphonic” eterniza, com talento, voz e emoção, algum do repertório intemporal dos Queen e fá-lo com uma alegria e energia tais, que cativam o público, da primeira nota à última letra. 

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.