No ano em que se assinala os 150 anos da Abolição da Pena de Morte em Portugal (1867-2017), a produtora Yellow Star Company apresenta “O Último Dia de um Condenado” de Victor Hugo, com adaptação e encenação de Paulo Sousa Costa.

A peça interpretada por Virgílio Castelo está em cena no Teatro Armando Cortez, em Lisboa, de quinta a sábado às 21h30 e aos domingos às 18h00.

Uma adaptação a partir da obra homónima de Victor Hugo, que versa as últimas horas de um homem que está no “corredor da morte”, com o fim iminente à sua espera.

É uma crítica mordaz à pena de morte, onde o autor questiona a justiça por tamanha barbaridade que é tirar a vida a um ser humano, mesmo que seja culpado por um crime de sangue. É um manifesto a favor da abolição da pena de morte, publicado em 1862.

Esta obra teve repercussões em todo o mundo, contribuindo para a proibição da pena capital. Portugal foi o primeiro país da Europa a abolir a pena de morte e o romancista francês Victor Hugo referiu esse facto, congratulando o feito e dizendo “Portugal dá o exemplo à Europa, que imitará a vossa nação. Morte à Morte. Guerra à Guerra. Viva a vida! Ódio ao ódio! A Liberdade é uma imensa cidade da qual todos somos concidadãos”.

A Yellow Star Company e o SAPO Mag têm para oferecer convites duplos para a peça.

O passatempo termina às 10h30 de 3 de janeiro

ATENÇÃO

Só é aceite uma resposta válida por endereço de e-mail e por concorrente pelo que não adianta responder ao formulário mais do que uma vez.

Os premiados deverão apresentar-se com o seu CC ou outro documento identificativo (não serão aceites fotocópias) junto das bilheteiras, cerca de 30 minutos antes do início do evento, para levantar os seus convites. Estes são pessoais e intransmissíveis, pelo que os representantes das promotoras reservam-se o direito de não os entregar perante a apresentação da identificação pessoal de terceiros.

A participação nos passatempos pressupõe a disponibilidade para assistir aos epsetáculos, pelo que, excepto em casos de força maior que deverão ser atempadamente comunicados através do email sapomag@passatempos.sapo.pt (identificado pelo nome e passatempo, incluindo a cidade), contamos com a presença de todos os premiados.

Concorra apenas se tem a certeza que pode estar presente.

Reservamo-nos o direito de excluir de futuros passatempos todos os que não procederem desta forma.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.