Depois de Lisboa, Telavive é a cidade anfitriã do Festival Eurovisão da Canção. Este ano, o concurso é disputado por 41 países - na primeira semifinal atuaram 17 países e na segunda, marcada para esta quinta-feira, 18. Em cada semifinal são escolhidos dez finalistas.

Na primeira semifinal, Grécia, Bieolorrúsia, Sérvia, Chipre, Estónia, República Checa, Austrália, Islândia, São Marino e Eslovênia conquistaram um lugar na final. Conan Osíris, o representante português, não conseguiu conquistar os fãs espalhados pela Europa e pelo mundo, ficando fora da final do concurso.

Ouça aqui as canções

Na segunda final vão atuar os representantes da Holanda, Suécia, Rússia, Suíça, Azerbaijão, Malta, Macedónia do Norte, Noruega, Arménia, Dinamarca, Albânia, Roménia, Lituânia, Moldávia, Áustria, Croácia, Letónia e Irlanda.

AS CANÇÕES

  1. Arménia - Srbuk - “Walking Out”
  2. Irlanda - Sarah McTernan - “22”
  3. Moldávia - Anna Odobescu - “Stay”
  4. Suíça - Luca Hänni - “She Got Me”
  5. Letónia - Carousel - "That Night”
  6. Roménia - Ester Peony - “On A Sunday”
  7. Dinamarca - Leonora - “Love Is Forever”
  8. Suécia - John Lundvik - “Too Late For Love”
  9. Áustria - PÆNDA - “Limits"
  10. Croácia - Roko - "The Dream”
  11. Malta - Michela - “Chameleon”
  12. Lituânia - Jurij Veklenko - “Run With The Lions”
  13. Rússia - Sergey Lazarev - “Scream”
  14. Albânia - Jonida Maliqi - “Ktheju tokës”
  15. Noruega - KEiiNO - “Spirit In The Sky”
  16. Holanda - Duncan Laurence - “Arcade”
  17. Macedónia - Tamara Todevska - “Proud”
  18. Azerbaijan - Chingiz - “Truth”

Os favoritos da segunda semifinal

Nas casas de apostas online, John Lundvik, da Suécia, com o tema "Too Late for Love" é o grande favorito da segunda semifinal do Festival Eurovisão da Canção. A Rússia também tem um dos temas mais elogiados - Sergey Lazarev vai interpretar "Scream" no palco do concurso.

EUROVIS
créditos: KAN

Chingiz, com "Truth", fecha o top três, segundo as casas de apostas online.

A final, que decorre no dia 18 é disputada pelos 20 países escolhidos nas semifinais, pelos denominados ‘Cinco Grandes’ (França, Alemanha, Itália, Espanha e Reino Unido) e pelo país anfitrião (Israel).

A Eurovisão em Israel

Há um ano, a 12 de maio de 2018, Salvador Sobral entregava o galardão do Festival Eurovisão da Canção a Netta Barzilai, que representava Israel com o tema "Toy". Depois de meses de incertezas, a organização confirmou que seria Telavive a receber a edição deste ano do concurso de música, considerado um dos maiores do mundo da televisão.

A cidade acolhe pela primeira vez o evento e, segundo a organização, foi escolhida num processo no qual eram também candidatas as cidades de Jerusalém e Eilat. Israel acolheu, em Jerusalém, o Festival Eurovisão da Canção em 1979 e em 1999, por ter vencido nos anos anteriores - em 1980, embora tenha vencido em 1979, o país declinou a oportunidade de organizar o concurso pela segunda vez consecutiva, acabando por passar para a Holanda.

A primeira semifinal do Festival Eurovisão da Canção está marcada para esta terça-feira, dia 14 de maio. Já a segunda parte está agendada para 16 de maio e a cerimónia da final do concurso musical acontece no dia 18 de maio.

Depois de Filomena Cautela, Daniela Rua, Sílvia Alberto e de Catarina Furtado, as três galas serão apresentadas por Bar Refaeli, Assi Azar, Erez Tal e Lucy Ayoub.

Este ano assinala-se a 64.ª edição do concurso, no qual Portugal participou a primeira vez em 1964, tendo entretanto falhado cinco edições (em 1970, 2000, 2002, 2013 e 2016).

Entre 2004 e 2007, inclusive, e em 2011, 2012, 2014 e 2015, Portugal falhou a passagem à final.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.