Esta é a nona edição de um festival que junta a câmara do Funchal e a MEO e decorre no Parque de Santa Catarina, continuando a apostar em artistas nacionais como cabeças de cartaz, sendo o segundo dia sempre dedicado ao público mais jovem.

Para o primeiro dia do festival a escolha recaiu em António Zambujo, que terá como convidada especial a fadista Ana Moura, devendo ser ainda anunciados, em breve, outros convidados do artista, de acordo com a organização, que apresentou hoje o certame.

"Este ano escolhemos António Zambujo mas não vai ser o António Zambujo só, ele vai ter vários convidados", disse Jorge Lopes, da organização, acrescentando que Ana Moura é o primeiro convidado que pode ser anunciado.

Para o segundo dia do festival, a organização tem ainda as opções em aberto, porque "há a possibilidade de ter dois ou três concertos no mesmo dia".

"Cada vez mais é difícil trazer projetos diferenciadores e, no fundo, estamos a convencer artistas que estão em plenos momentos de 'tour' que não querem fazer coisas diferentes", explicou.

O presidente da câmara do Funchal, Paulo Cafôfo, disse que o festival é sinónimo de qualidade por apostar na música portuguesa ao mesmo tempo que é eclético.

"Temos dois dias que são distintos, mas os públicos fundem-se, já que hoje em dia os jovens ouvem muito fado, um festival eclético com um público muito eclético e aquilo que nos importa é que haja eventos de alta qualidade", disse.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.