Dois livros com letras de canções, que abrangem os álbuns publicados entre 1962 e 2001, foram editados pela Relógio d'Água ("Canções I e II"), enquanto o primeiro - e único, ainda - volume da autobiografia de Bob Dylan, "Crónicas", saiu pela Ulisseia.

Em 2007, a Quasi Edições publicou o livro de ficção "Tarântula", prosa-poema experimental de 1966, altura em que Bob Dylan editou o álbum "Blonde on Blonde" e teve um acidente de moto, que o obrigou a um período de recuperação.

Bob Dylan, 75 anos, foi hoje distinguido como Prémio Nobel da Literatura.

Figura incontornável da música popular norte-americana é o primeiro compositor a receber o prestigiado prémio da literatura, com um valor monetário de 822 mil euros.

Dylan, que atuou pela última vez em Portugal em 2008, no festival Nos Alive, recebe o Nobel da Literatura por ter criado, segundo a Academia Sueca, "novas formas de expressão poéticas no quadro da grande tradição da música americana".

Em 2015, o prémio foi atribuído à autora bielorussa Svetlana Alexievich.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.