A interpretar os concertos comemorativos do Dia Nacional das Bandas Filarmónicas – 1 de setembro – vão estar a banda dos bombeiros de Loures, os coros emCantus – associação coral de Odivelas e Camerata Vocal de Torres Vedras, bem como a soprano Carla Caramujo, o tenor Carlos Guilherme e o barítono Armando Possante, sob direção musical de Jorge Camacho, segundo uma nota da Fundação Inatel, promotora da iniciativa.

O primeiro concerto realiza-se às 21:30 e o segundo às 17:00, tendo ambos entrada livre.

O Dia Nacional das Bandas Filarmónicas celebrou-se, pela primeira vez, em 2013, por iniciativa do então secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, aprovada em Conselho de Ministros.

“Embora simbólica”, a iniciativa foi uma “forma de reconhecimento” e de “validação” do trabalho desenvolvido pelas bandas filarmónicas em Portugal ao longo de décadas, como a definiu, na altura, o secretário de Estado.

Em 2013, Portugal contava com 720 Bandas Filarmónicas, 1200 escolas de música, 50 orquestras ligeiras e 900 agrupamentos corais. Um total superior a 250 mil pessoas, na maioria jovens, praticava música com regularidade em associações culturais.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.