O evento, que acontece em Indio, na Califórnia, estava previsto para abril e depois foi adiado para outubro, quando o vírus se espalhou pelos Estados Unidos.

Rage Against the Machine, Travis Scott e Frank Ocean estavam entre os artistas que subiriam ao palco montado no deserto.

Preocupado com um possível ressurgimento do vírus no outono (no hemisfério norte), o agente de saúde pública de Riverside County, Cameron Kaiser, decidiu cancelar o Festival de Música e Artes Coachella Valley e o Festival de Música Country Stagecoach.

"Estou preocupado com as indicações de que a COVID-19 pode piorar no outono", disse Kaiser.

"Além disso, eventos como o Coachella e o Stagecoach entrariam no Estágio 4 definido pelo governador (Gavin) Newsom, que afirmou anteriormente que exigiriam a existência de tratamento ou vacina", afirmou.

"Dadas as circunstâncias e o potencial previsto, eu não me sentiria confortável em seguir em frente", acrescentou.

Kaiser declarou que estava ciente de que a sua decisão afetaria muitas pessoas, mas enfatizou que a sua prioridade era proteger a saúde da comunidade.

O festival Coachella é um dos muitos eventos de destaque, assim como o South by Southwest e o Ultra Music Festival, que foram cancelados devido à pandemia.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.