Lembrando que as salas de espetáculos, cinema e teatro começaram a poder retomar a atividade na passada segunda-feira, António Costa, em conferência de imprensa no final da reunião do Conselho de Ministros, anunciou “três milhões de euros para apoiar salas independentes, de forma a poderem retomar atividade recuperando perdas que tiveram nestes meses em que estiveram forçadamente paralisadas na sua atividade”.

Além disso, há também “750 mil euros para apoiar à adaptação das salas ao contexto da COVID”.

O primeiro-ministro falou ainda na linha de financiamento de 30 milhões de euros, criada para ser usada pelos municípios na programação cultural, que tinha anunciado em 22 de maio, em Coimbra, após uma reunião com a Associação Nacional de Municípios Portugueses.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.