Partindo da sua experiência como ator, encenador e diretor artístico, Diogo infante destaca aspetos fundamentais inerentes ao trabalho do ator no teatro, no cinema e na televisão, e partilha a sua visão sobre o papel da formação.

Na aula irá ainda exemplificar técnicas e competências que permitem enfrentar as exigências do mercado de trabalho, refletir sobre o desenvolvimento de uma individualidade criativa na construção de personagens, sobre a gestão da carreira e a importância da ética profissional.

Diogo Infante, com uma carreira com mais de 30 anos, formou-se na Escola Superior de Teatro e Cinema, em 1991, e, no teatro, foi protagonista em peças como “Espetros”, de Henrik Ibsen”, “Sexo, Drogas & Rock n'Roll“, de Eric Bogosian, “Hamlet”, de William Shakespeare, “Rei Édipo”, de Sófocles, “Amadeus”, de Peter Shaffer, “Dúvida”, de Patrick Shanley, “Ode Marítima”, de Álvaro de Campos, “Ricardo III”, de Shakespeare, entre outros.

Estreou-se na encenação com “O Amante”, de Harold Pinter, tendo dirigido, entre outros, “Jardim Zoológico de Cristal”, de Tennessee Williams, “Casa de Bernarda Alba”, de Federico García Lorca, “Laramie”, de Moises Kaufman, “Um Elétrico Chamado Desejo”, de Tennessee Williams, “Quem tem Medo de Virgínia Woolf?”, de Edward Albee, e “Deus da Carnificina”, de Yasmina Reza.

Foi diretor artístico do Maria Matos Teatro Municipal e do Teatro Nacional D. Maria II. Desde 2017, é diretor artístico do Teatro da Trindade Inatel.

A 'masterclass' tem participação sujeita a inscrição, através do site www.teatrotrindade.inatel.pt ou na bilheteira do Trindade.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.