Dezenas de artistas de todo o mundo têm-se juntado à campanha #EleNão, contra Jair Bolsonaro, candidato da extrema direta à Presidência do Brasil. O favorito nas sondagens para a primeira volta das presidenciais do Brasil tem dominado manchetes pelos seus comentários sobre a comunidade LGBTQ, a economia, a corrupção e o papel dos governos.

Esta sexta-feira, dia 28 de setembro, Madonna também se juntou à campanha. Através da sua conta no Instagram, a cantora partilhou uma fotografia sua com a boca tapada por uma fita e onde se pode ler, em inglês, "liberdade". A montagem não é nova, mas o destaque vai para a hashtag agora acrescentada: #EleNão, em referência à campanha contra o candidato da extrema-direita às eleições brasileiras, Jair Bolsonaro.

"Ele não vai nos desvalorizar. Ele não vai nos calar", pode ler-se ainda na imagem partilhada pela artista norte-americana.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.