Artigo

Em julho, nasce um novo festival de música eletrónica no Porto

Kamaal Williams Ensemble, Tosca e Richard Dorfmeister são os cabeças de cartaz.

No próximo dia 2 de julho vai nascer no Base, na Baixa do Porto, o ano zero do Festival Matéria, que terá a sua primeira edição em 2018. Segundo a organização, "o compromisso é a realização de um autêntico  festival com forte atração gravítica pela sua maior estrela: a música eletrónica".

Kamaal Williams Ensemble, que se estreiam em Portugal, são os cabeças de cartaz e vão apresentar na Invicta o disco "Black Focus". Pelo Festival Matéria vai passar ainda Tosca,  Richard Dorfmesteir,  Mr. Herbert Quain, Celeste Maripos e Marco Coelho.

O bilhete custa 15€ em pré-venda e 20€ no dia do evento. De acordo com a organização, o Festival Matéria terá uma área infantil, uma área family friendly e outra de street-food para assegurar as necessidades de todo o tipo de público.

A organização promete "demonstrar a partir dos sentidos, que a energia vital é palpável". "Moléculas de música eletrónica, partículas de comunicação, com ou sem sotaque, átomos de pluralidade, protões de familiaridade, eletrões de partilha, neutrões das mais diversas correntes artísticas, catiões de urbanidade, plenos de carga positiva em reboliço", frisa em comunicado.

Comentários