De acordo com a organização, embora Carlos Zíngaro seja mais conhecido como violinista e compositor, sobretudo na área da música experimental e do jazz, tem desenvolvido, paralelamente, trabalhos na área das artes plásticas.

Nesta exposição, com curadoria de Carlos Cabral Nunes, será apresentado um conjunto de obras do autor, realizado entre 1991 e 2016, que ficará patente até 10 de setembro.

Em 2013, a Perve Galeria dedicou a Carlos Zíngaro uma exposição antológica, intitulada “Seres Grotescos”, assinalando os 40 anos do seu percurso artístico.

Carlos Alves, mais conhecido por Carlos Zíngaro, 67 anos, possui uma obra transversal e multidisciplinar, expressa quer musicalmente, quer plasticamente sob as formas de pintura, banda desenhada e instalação multimédia.

Nascido em Lisboa, Zíngaro começou a estudar música com apenas quatro anos, e foi um dos membros fundadores do grupo Plexus, em 1967.

Nos anos 1970 foi diretor musical do grupo de teatro "Os Cómicos" e, a partir de 1975, começou a colaborar com vários músicos de música improvisada.

Assinou uma produção discográfica extensa em nome próprio ou em colaborações, tendo editado o seu trabalho em Portugal, França, Suíça, Alemanha, Canadá, Itália, Reino Unido, Japão, Países Baixos e Estados Unidos da América.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.