Nas últimas semanas, José Malhoa tem dado concertos a partir da sua varanda para animar os seus vizinhos, em Fânzeres, Gondomar. Na sua última atuação, o espetáculo "caseiro" foi interrompido pela Guarda Nacional Republicana (GNR).

De acordo com a CMTV, o concerto juntou um pequeno grupo de pessoas na rua, o que levou a GNR a proibir a atuação do cantor. Ao canal, José Malhoa contou que foram enviados para o local vários carros de patrulha.

Na emissão desta terça-feira, dia 21 de abril, de "Extremamente Desagradável", Joana Marques analisou a situação. "Fiquei preocupada com um Alerta CM que vi e que dizia assim: 'GNR trava concerto de José Malhoa'. (...) Desta vez, pelos vistos, a coisa descontrolou-se", começou por contar.

Na rubrica das "Três da Manhã", da Rádio Renascença, a humorista sugeriu ainda que José Malhoa respondesse aos agentes da GNR com a canção "Ó Senhor Guarda (não leve a mal)", de Emanuel.

Veja o vídeo:

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.