Matthew McConaughey esclareceu quais foram as razões concretas para decidir não concorrer ao cargo de governador no seu Estado do Texas.

A perspetiva de uma candidatura do ator de 52 anos animou durante vários meses os que estão desiludidos com o atual governador republicano Greg Abbott, que promulgou uma lei muito restritiva contra o aborto.

Mas há duas semanas, McConaughey revelou que era "um caminho que estou a escolher não seguir neste momento", acrescentando que preferia empenhar-se em apoiar empresas e organizações "que abrem caminhos para que as pessoas tenham sucesso na vida", apesar de uma sondagem do Dallas Morning News ter mostrado que teria 44% contra 35% de Abbott, enquanto 49% o escolhiam contra o democrata Beto O’Rourke.

Nunca foi esclarecido se a sua candidatura estaria ligada a um partido político ou como independente.

Na terça-feira à noite, o ator contou ao apresentador Jimmy Fallon que "foi uma ponderação ao longo de dois anos que me levou à decisão que realmente tomei nos últimos dois meses. E estava a fazer a mim mesmo a pergunta original e a tentar responder, 'Como e onde e o que posso fazer para ser mais útil para mim mesmo, para a minha família e para o maior número de pessoas?'".

McConaughey explicou que uma das opções que surgiram foi a da política e a levou muito a sério.

"Mas neste momento na minha vida, com as coisas que tenho - [filhos] um de 13 anos, um de 11 anos, um de oito anos -, a vida que tenho agora, a representação que quero continuar a fazer, não é a categoria para mim neste momento da minha vida", esclareceu.

Quando Jimmy Fallon perguntou se isso significava que ainda não estava colocar de parte a possibilidade de avançar no futuro, a resposta foi clara: "Não estou até estar".

"Uma pessoa disse-me no outro dia que isso era uma resposta muito McConaughey", acrescentou a rir.

Veja o vídeo.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.