O festival, cujo programa foi hoje apresentado em conferência de imprensa, abre com o musical “Keltia”, uma produção dos galegos Andrea Pousa e Queiman, seguindo-se os portugueses The Oafs e os Peregrino Gris, da Costa Rica.

No segundo dia, sobem ao palco o mexicano Quique Escamilla, os portugueses Diabo a Sete, os galegos Xavier Diaz & Adufeiras de Salitre e os também galegos Kalakan, que se fazem acompanhar, neste espetáculo, por Luís Peixoto.

Ainda no segundo dia, atuam os Chulada da Ponte Velha, que se dedicam a retomar as práticas musicais do Douro e do Minho, e os Enraizarte, grupo composto por oito músicos quase todos oriundos dos campos da música erudita.

O terceiro e último dia do festival abre com os Mac Mardigans, de Toledo, Espanha, seguindo-se os grupos portugueses Les Saint Armand e The Town Bar.

Os portugueses Virandeira e os escoceses Rura também atuam no último dia, cabendo aos lusos Kumpania Algazarra fechar aquela que é a 10.ª edição do festival.

Um bilhete para cada um dos dias custa 1dez0 euros, havendo ainda um bilhete especial para dois dias por 15 euros ou o passe completo por 20.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.