Depois da zanga entre Axl e Slash, em 1993, no fim de uma digressão em Buenos Aires, os Guns N' Roses voltaram a juntar-se para uma digressão mundial que aterra esta sexta-feira, 2 de junho, no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras - a aproximadamente 10 quilómetros do centro de Lisboa.

As portas do recinto abrem às 16h00 e, a partir das 19h00, Mark Lanegan  e Tyler Bryant & the Shakedown serão os responsáveis por animar o público. Já os Guns N' Roses devem subir ao palco instalado no Passeio Marítimo de Algés - o mesmo recinto onde se realiza o NOS Alive - depois das 21h00.

A banda que ainda mantém o recorde pelo álbum de estreia mais vendido na história dos Estados Unidos ("Appetite for Destruction", de 1987), arrancou a digressão "Not In This Lifetime" na Irlanda no fim de semana passado. Na terça-feira, o grupo de Axl e Slash atuou no Estádio San Mamés, em Bilbao, Espanha.

Além dos sucessos, a banda também ficou famosa pelos escândalos nos bastidores dos seus concertos, ao aparecer no palco após horas de atraso, além do rompimento de relações entre Axl e Slash em 1993, no fim de uma digressão em Buenos Aires.

Os Guns N’ Roses reúnem Axl Rose (voz e piano), Duff McKagan (baixo), Slash (guitarra principal), Dizzy Reed (teclas), Richard Fortus (guitarra rítmica), Frank Ferrer (bateria) e Melissa Reese (teclas).

A famosa dupla voltou a encontrar-se em abril de 2016 antes da banda ser escolhida como cabeça de cartaz do festival Coachella, na Califórnia. Ainda assim, a formação não contou com a presença do guitarrista Izzy Stradlin, coautor de várias canções do grupo, que não concordou com o pagamento oferecido para que participasse na reunião.

O Guns N' Roses lucraram mais de 188 milhões de dólares em todo o mundo com a sua digressão no último ano, valor apenas alcançado por Bruce Springsteen, Beyoncé e Coldplay, de acordo com a publicação sobre a indústria musical Pollstar.

A banda surgiu há 25 anos em Los Angeles, na Califórnia, viveu um pico de popularidade nos anos 1990, ainda à boleia do álbum de estreia - "Appetite for Destruction" - editado em 1987 e com os dois tomos de "Use Your Illusion".

Em 1991, o sete vezes disco de platina “Use Your Illusion I” e o sucessor, “Use Your Illusion II”, ocuparam os dois lugares de topo da tabela Billboard 200, na data do seu lançamento.

Foi depois da coletânea de versões "The Spaghetti incident?", em 1993, que a banda começou a denunciar publicamente as discussões internas e que levaram ao abandono sucessivo de vários músicos, incluindo o carismático guitarrista Slash.

GUNS

Durante mais de uma década, a banda foi anunciando e adiando o lançamento de um novo registo discográfico, "Chinese Democracy", que só viu oficialmente a luz do dia em 2008.

A digressão, produzida pela Live Nation, vai passar por 18 cidades na Europa, que abrange espetáculos em Lisboa, Londres, Paris, Madrid, Viena, Copenhaga, entre outras cidades. A digressão regressa à América do Norte dia 30 de julho com um concerto em Minneapolis, Minnesota, com mais 15 datas agendadas.

“Not In This Lifetime Tour” vendeu mais de dois milhões de bilhetes em 2016, visitou 21 cidades norte-americanas (25 espetáculos) em menos de dois meses, terminou esta primeira parte da digressão na América do Norte no verão passado, passando de seguida à América do Sul, onde completou 15 datas esgotadas, que incluíam 13 concertos em estádio.

Qual o alinhamento do concerto?

Os Guns N' Roses prepararam um alinhamento alargado para a digressão pela Europa. Na sua conta no Instagram, Álvaro Covões, diretor da promotora que organiza o concerto em Portugal (Everything Is New), partilhou a lista base de canções da banda californiana.

GUNS N' ROSES

Nos dois primeiros concertos da digressão, o grupo optou por não seguir o alinhamento predefinido, optando por algumas variações. O certo é que, além dos sucessos, a banda vai fazer ainda versões de temas que não foram editadas em disco de estúdio, como "Wish You Were Here", dos Pink Floyd, e "The Seeker", dos The Who.

Na Irlanda e em Espanha os Guns N' Roses homenagearam ainda Chris Cornell. Em palco, Axl Rose cantou "Black Hole Sun", dos Soundgarden.

Pode consultar aqui a setlist do concerto na Irlanda e aqui o alinhamento do concerto em Espanha.

A que horas e como ir para o concerto?

Para chegar ao concerto, a melhor opção são os transportes públicos. Se já estiver em Lisboa, pode apanhar o comboio no Cais do Sodré em direção ao Passeio Marítimo de Algés (comboios urbanos da Linha de Cascais).

Se vier de comboio intercidades ou Alfa até Lisboa, deve sair na estação de Santa Apolónia e apanhar uma das carreiras regulares da Carris até ao Cais do Sodré. Pode ainda optar pelo metro, indo de Santa Apolónia até à Baixa-Chiado (linha azul) e depois apanhar o metro até ao Cais do Sodré (linha verde), onde haverá comboio até ao recinto.

Segundo a promotora, os fãs que vão ao concerto têm 30% de desconto em qualquer comboio intercidades, incluindo o comboio especial, regional ou inter-Regional da oferta regular, mediante apresentação do bilhete do espetáculo - o desconto é válido para viagens de ida e volta com destino à estação de Lisboa.

GUN'S N ROSES

Ao usufruir do desconto de 30%, poderá ainda adquirir um bilhete de 4€ que inclui todos os transportes entre o ponto de chegada a Lisboa e Algés (só Carris e CP).

O regresso, na madrugada de 3 de junho, é assegurado por vários autocarros exclusivos para portadores de bilhete integrado ou bilhete 4€ - caso tenha adquirido o Bilhete Integrado, terá de o apresentar em todos os meios de transporte, frisa a promotora.

O último comboio CP em direção ao Cais do Sodré sai da estação de Algés às 23h56. O Metro Lisboa fecha à 01h00 da manhã.

A Everything Is New lembra ainda que foi criada a promoção especial de apenas dois euros (ida e volta), mediante a apresentação do bilhete para o concerto nas bilheteiras da CP,  nas linhas de Braga, Guimarães, Marco de Canaveses e Aveiro.

Pode consultar aqui mais detalhes sobre os transportes.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.