Segundo Axl Rose, ao passar a fronteira canadiana em direção a Toronto, onde a atuaram este fim de semana,o grupo e a sua equipa técnica foram detidos pelas forças policiais locais devido a posse de armas.

No espetáculo, além de contar o incidente, o vocalista frisou que as autoridades canadianas "foram muito simpáticas, muito compreensíveis". "Às vezes esqueces-te que tens a porcaria de uma arma: acontece", gracejou.

À Billboard, um porta-voz da equipa dos Guns N’ Roses esclareceu que a arma não pertencia a nenhum membro da banda."Sim, isso de facto aconteceu na sexta-feira, 15 de julho, depois de a banda atravessar a fronteira", acrescentou.

Veja o vídeo em que Axl Rose conta o incidente:

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.