Em comunicado, o Instituto Camões, destaca que a “parceria, agora renovada por dois anos, vai permitir chegar a mais alunos residentes em vários países, com o objetivo de reforçar a estratégia de internacionalização da língua portuguesa e de promover a nossa cultura”.

O protocolo, assinado hoje pelo presidente do Camões, João Ribeiro de Almeida, e pelo diretor do Departamento Internacional da Porto Editora, Miguel Martins, estabelece que “a Porto Editora contribuirá para o apoio à promoção da língua portuguesa, nomeadamente no âmbito de projetos nas áreas de ensino do Português Língua Estrangeira e das Tecnologias da Língua Aplicadas ao Português”.

A iniciativa, acrescenta-se, permite “que os alunos, através do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, tenham contacto com o português”.

“Cerca de 2.500 alunos estrangeiros aprenderam português nos Estados Unidos, Canadá, África do Sul e Venezuela, através da parceria entre o Camões - Instituto da Cooperação e da Língua e a Porto Editora”, salienta-se na nota.

O Camões - Instituto da Cooperação e da Língua é um instituto público tutelado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros que tem por missão propor e executar a política de cooperação portuguesa e a política de ensino e divulgação da língua e cultura portuguesas no estrangeiro.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.