“O Outono em Jazz celebra as mais variadas manifestações contemporâneas de um género marcado pelo culto da improvisação e da inovação. A abertura do festival faz-se com dois nomes lendários: o pianista cubano Chucho Valdés e o saxofonista americano Joe Lovano, que pela primeira vez se apresentam num projecto comum”, refere a Casa da Música em comunicado.

No dia seguinte é a vez de Sara Gazarek subir ao palco da sala Suggia da Casa da Música, enquanto no sábado atuam o pianista suíço Moncef Genoud e Selma Uamusse, esta última uma artista que deu voz a Wraygunn e acompanhou Rodrigo Leão em concerto.

Dois dias depois, na sala 2, vai ser possível assistir aos concertos do coletivo Angels 8, do saxofonista sueco Martin Küchen, e aos turcos do free-jazz Konstrukt com Rodrigo Amado.

Na terça-feira, o ciclo regressa à sala principal para acolher Maria João com o brasileiro Guinga, “um dos compositores mais originais e sofisticados da música popular brasileira, que explora como ninguém as formas tradicionais, impregnando-as de novas cores harmónicas e com extraordinária inventividade melódica”.

No mesmo dia também vai ser possível escutar o argentino Dino Saluzzi, já com 60 anos de carreira.

A encerrar o ciclo vão estar Sumrrá e Alessandro Penezzi, descrito pela Casa da Música como “um dos guitarristas brasileiros mais impressionantes da atualidade, tanto pelo virtuosismo como pelas composições, já gravadas por artistas como Yamandú Costa, Beth Carvalho e Danilo Brito”.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.