Amigos desde 2016, Jeff Beck e Johnny Depp juntaram-se para gravar um álbum. "18" chega às lojas e serviços de streaming de música a 15 de julho e vai contar com 13 canções.

"Quando o Johnny e eu começámos a tocar juntos, foi como se tivéssemos regressado ao nosso espírito e à nossa criatividade adolescente. Dissemos que parecíamos ter novamente 18 anos, e foi assim que surgiu o título do álbum", recorda Jeff Beck em comunicado.

“É uma honra extraordinária tocar e compor com o Jeff, um dos grandes e ao qual tenho o privilégio de chamar irmão", confessa o ator. “Há séculos que eu não tinha um parceiro criativo como ele. (...) Ele foi uma força importante no disco. Espero que as pessoas o levem a sério como músico porque algumas têm alguma dificuldade em aceitar que o Johnny Depp sabe cantar rock and roll", remata o músico em comunicado.

A capa do álbum vai contar com uma ilustração dos dois amigos com 18 anos, desenhada pela mulher de Jeff Beck, Sandra.

Para preparar o lançamento de "18", Jeff Beck iniciou uma digressão europeia com Johnny Depp como convidado especial, que terminará no L’Olympia, em Paris, no dia 25 de julho.

"Jeff Beck encontrou uma alma gémea em Johnny Depp quando se conheceram, em 2016. Encontraram rapidamente interesses comuns – carros e guitarras – e cada um deles passou a maior parte do tempo a tentar fazer o outro rir. Com o passar do tempo, Beck descobriu o talento de Depp como compositor e o seu ouvido para a música, e a química existente entre ambos convenceu-o de que deviam gravar um álbum juntos", relembra a Warner Music em comunicado.

"Depp concordou e começaram em 2019. Nos três anos seguintes, gravaram uma mistura de originais de Depp e uma vasta gama de covers que vão desde a música celta e da Motown até aos Beach Boys e Killing Joke. Em 2020, durante a pandemia, apresentaram ao mundo a sua colaboração com um cover de um tema de John Lennon, 'Isolation'", acrescenta a editora.

Nos últimos 12 anos, o ator e músico tem gravado e atuado com os Hollywood Vampires, uma superbanda que ele fundou com Alice Cooper e Joe Perry. A banda lançou dois álbuns de estúdio com alguns convidados e, em 2016, subiu ao palco do Rock in Rio Lisboa.

Alinhamento de “18”:

  1. “Midnight Walker” (cover de Davy Spillane)
  2. “Death And Resurrection Show” (cover dos Killing Joke)
  3. “Time” (cover de Dennis Wilson)
  4. “Sad Motherfuckin’ Parade” (original de Johnny Depp)
  5. “Don’t Talk (Put Your Head On My Shoulder)” (cover dos Beach Boys)
  6. “This Is A Song For Miss Hedy Lamarr” (original de Johnny Depp)
  7. “Caroline, No” (cover dos Beach Boys)
  8. “Ooo Baby Baby” (cover dos Miracles)
  9. “What’s Going On” (cover de Marvin Gaye)
  10. “Venus In Furs” (cover dos Velvet Underground)
  11. “Let It Be Me” (cover dos Everly Brothers)
  12. “Stars” (cover de Janis Ian)
  13. “Isolation” (cover de John Lennon)

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.