Kevin Hart encontra-se hospitalizado na sequência de um acidente automóvel, no qual seguia com o condutor e outro passageiro.

De acordo com um relatório do site TMZ, o carro despenhou-se numa vala depois de se desviar da estrada, na Mulholland Highway, em Malibu.

Hart e o motorista do veículo sofreram "ferimentos graves nas costas", revelou a polícia local, mas nenhum está em risco de vida.

Nem o condutor nem o terceiro passageiro foram identificados. A polícia assinala que o motorista não se encontrava alcoolizado nem sob a influência de drogas, embora o acidente ainda esteja a ser investigado.

Kevin Hart iniciou a carreira no mundo do espetáculo no circuito de stand-up comedy antes de Judd Apatow o escolher para um papel secundário na série de TV "Undeclared" (2001).

Apesar de ter durado apenas uma temporada, isso foi suficiente para chegarem as primeiras ofertas para o cinema, entrando em filmes como "Scary Movie 3" (2003), "Soul Plane" (2004), "Scary Movie 4" (2006), "Não Há Família Pior!" (2010) e "Grudge Match: Ajuste de Contas" (2013).

Durante este período manteve os espetáculos ao vivo de comédia e a carreira ganhou mais visibilidade graças ao sucesso do reality show "Real Husbands of Hollywood" (2013-2016) e aos filmes "Penso como Um Homem" (2012), "Polícia em Apuros" (2014), que teve uma sequela dois anos mais tarde, "Sobre a Noite Passada" (2014), "O Amigo do Peito" (2015) e "Faz-te Homem" (2015).

Central de Inteligência

Em 2015, já a revista Time o colocava como umas das 100 pessoas mais influentes do mundo, mas decisivo foi o ano a seguir, quando, além de ter sido uma das vozes da animação "A Vida Secreta dos Nossos Bichos", estabeleceu uma parceria cómica com Dwayne Johnson em "Central de Inteligência".

O impacto foi tal que os dois foram logo escolhidos para apresentar a cerimónia dos MTV Movie Awards (2016) e já se juntaram para "Jumanji: Bem-Vindos à Selva" (2017), que terá uma sequela em 2019.

Já este ano, encontrou outra parceira perfeita em Tiffany Haddish para mais um sucesso de bilheteira: "A Turma da Noite" (2018).

Kevin Hart também foi o anfitrião dos prémios BET em 2001, dos MTV Video Music Awards em 2012, do Comedy Central Roast dedicado a Justin Bieber (2013) e em três programas do Saturday Night Live.

Kevin Hart desistiu de apresentar Óscares após críticas da comunidade LGBT

Em dezembro de 2018, o ator desistiu de apresentar a cerimónia dos Óscares de 2019 devido ao coro de críticas sobre afirmações do norte-americano que tinham mais de sete anos, consideradas ofensivas pela comunidade homossexual.

“Tomei a decisão de renunciar à apresentação dos Óscares deste ano… porque não quero ser uma distracção numa noite que deve ser comemorada por tantos artistas talentosos incríveis. Peço as minhas mais sinceras desculpas à comunidade LGBT [Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais ou Transgêneros] pelas minhas palavras insensíveis feitas no passado”, escreveu o comediante na sua conta oficial na rede social Twitter.

Kevin Hart e  Ellen DeGeneres falam sobre os Óscares (janeiro de 2019)

Antes de tomar esta decisão, o ator ainda publicou um vídeo na rede social Instagram no qual se justificou, afirmando que as declarações que proferiu e os 'tweets' que escreveu foram “há quase oito anos”.

“Tenho quase 40 anos. Se vocês não acreditam que as pessoas mudam, crescem e evoluem quando ficam mais velhas, não sei o que vos dizer”, disse, acrescentando que “o mundo está a ficar mais do que louco”.

Kevin Hart afirmou ainda que não compreende porque é que, hoje em dia, as pessoas têm que “se justificar constantemente por coisas que fizeram no passado”.

A organização não-governamental GLAAD, cujo foco é a monitorização da forma como os media retratam a comunidade LGBT, afirmou ter apresentado uma queixa junto do canal de televisão ABC, emissora dos Óscares, e na Academia de Artes e Ciências Cinematográficas para "discutir a retórica e o registo anti-LGBT de Kevin".

Uma das maiores críticas desta organização é contra um especial de comédia de Kevin Hart, em 2010, onde este disse: "Se eu puder impedir meu filho de ser 'gay', eu faço-o".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.