Andy White, baterista e músico escocês que gravou o primeiro sucesso dos Beatles, "Love Me Do", morreu aos 85 anos.

Nascido em Glasgow, White viveu vários anos nos Estados Unidos, onde dava aulas de bateria e de flauta escocesa.  O músico morreu esta semana em casa, em Nova Jersey, escreveu no Facebook a banda New York Metro Pipe Band, à qual pertencia.

White substituiu Ringo Starr na gravação americana de "Love Me Do", ficando conhecido como o "quinto Beatle".

No início dos anos 1960, apesar de viver em Londres,  já estava familiarizado com o mundo da música norte-americana, tendo cruzado o Atlântico para tocar com grandes artistas como Chuck Berry e Bill Haley and the Comets.

Como o próprio músico recordou, o produtor Ron Richards chamou Andy White em 1962 para trabalhar numa sessão de três horas para a EMI. "Isso era tudo o que eu sabia. Já tinha ouvido falar dos Beatles, porque a minha primeira esposa Lynne era de Liverpool e tinha mencionado o grupo, mas não sabia muito sobre eles", disse ele ao jornal Britain's Daily Record em 2012.

Na entrevista, White disse ainda que ficou impressionado com a banda e que considerou os Beatles um grupo britânico muito original, porque  "não faziam meras cópias da música que era produzida nos Estados Unidos".

Pouco depois, Ringo Starr tomou conta da bateria e tocou a versão britânica de "Love Me Do".

Apesar da carreira de Andy White com os Beatles ter sido curta, o músico foi também baterista de Tom Jones, por exemplo.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.