"Arno deixou-nos a 23 de abril. Todos sentiremos sua falta (...) mas ele estará sempre aqui, graças à música que o manteve até ao fim", escreveu o agente do artista, Filip De Groote, em comunicado.

Em fevereiro de 2020, durante a digressão do álbum "Santeboutique" (2019), o cantor anunciou que sofria de cancro no pâncreas. Teve de interromper os seus concertos para se submeter a uma cirurgia.

Arno Hintjens nasceu a 21 de maio de 1949, em Ostende, uma cidade costeira flamenga, da qual nunca se distanciou e que costumava citar nas suas canções. Cantava em flamengo, inglês e francês e, às vezes, era comparado a Tom Waits.

O rei Filipe, da Bélgica, descreveu-o como "um ícone da cena musical belga".

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.