"O Bolshoi está de luto", escreveu o teatro no Twitter, anunciando a morte de Guennadi Rojdestvenski .

Nascido em 1931, o maestro, pianista e compositor dirigiu numerosas orquestras na Rússia e no exterior por mais de cinquenta anos. Em 2000 e 2001 dirigiu a orquestra do Bolshoi.

"Ele ajudou de forma notável a promover a obra de Sergei Prokofiev", um dos maiores compositores russos, elogiou o maestro russo Valeri Guergiev.

Condecorado em 1976 com o título de "Artista do Povo da URSS", a mais alta distinção soviética no campo da cultura, tornou-se diretor musical da Câmara de Teatro Musical de Moscovo em 2012.

Também era professor do Conservatório de Música de Moscovo desde 1974, de acordo com a agência de notícias russa RIA Novosti.

"Quando começamos a nos lembrar de Gennady Rojdestvenski, entendemos que homem poderoso e que personalidade poderosa do mundo musical deixou este mundo", lamentou o diretor do Bolshoi, Vladimir Ourin, citado pela RIA Novosti.

"Triste notícia da morte de Gennady Rojdestvenski. Era um dos maiores maestros da Rússia e a sua música foi uma ponte entre as nossas duas nações", reagiu a embaixada do Reino Unido na Rússia no Twitter.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.