Viola Smith morreu na passada quarta-feira, dia 21 de outubro, na sua casa em Costa Mesa, na Califórnia. A artista tinha 107 anos e, segundo o The Guardian, a morte deveu-se a complicações provocadas pela Doença de Alzheimer.

Considerada na década de 1930 como a "baterista mais rápida do mundo", Viola Smith ficou conhecida por fazer parte da banda Frances Carroll & the Coquettes. A artista trabalhou ainda com Ella Fitzgerald, Chick Webb ou Bob Hope.

Para o jornal britânico, Viola Smith "abriu caminho" para as mulheres num mundo dominado por homens.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.