Numa rara entrevista, a cantora Kate Bush descreveu o seu regresso ao top dos serviços de streaming de música como "bastante chocante" após a série da Netflix "Stranger Things" lhe render uma nova geração de fãs.

A adorada cantora e compositora britânica também falou sobre a sua experiência de fazer maratonas de séries e o hobby da jardinagem.

O 'hit' clássico de Bush "Running Up That Hill (A Deal With God)" alcançou o primeiro lugar na Grã-Bretanha e noutros países depois de ser utilizado de maneira impactante, e comovente, na quarta temporada da série de Netflix ambientada na década de 1980.

"É uma série tão boa, pensei que a canção receberia alguma atenção", declarou à rádio BBC, numa entrevista gravada na terça-feira e transmitida esta quarta.

"Mas nunca imaginei que seria algo deste tipo. É tão emocionante. Mas é um pouco chocante, não é? Quer dizer, todo o mundo enlouqueceu", acrescentou.

A música de 1985 agora tem o recorde de maior tempo que foi preciso para um single alcançar os tops. E Kate Bush possui o maior tempo de intervalo entre singles que alcançaram o número, 44 anos após "Wuthering Heights" revelar o seu talento ao mundo.

Aos 63 anos, Bush também se tornou a artista feminina mais velha a alcançar a primeira posição no Reino Unido.

"Havia ótimas músicas nos anos 1980, mas penso que estamos agora num momento incrivelmente emocionante", disse.

"Quero dizer, OK, é um momento terrível a muitos níveis para as pessoas. Muito difícil. Mas também é um momento em que coisas incríveis estão a acontecer", destacou.

Kate Bush passou grande parte das últimas décadas longe dos olhos do público, mas fez 22 espetáculos em Londres em 2014, quando todos os bilhetes foram vendidos em apenas 15 minutos.

"Jardinagem é meu hobby agora", disse à BBC, sem revelar se está a trabalhar em músicas novas.

O último álbum de estúdio de Bush foi "50 Words for Snow" (2011), que usou efeitos similares aos dos sintetizadores empregados na sua obra-prima de 1985, "Hounds of Love".

"Running Up That Hill", o primeiro single de "Hounds of Love", tornou-se a música mais ouvida no Spotify nos EUA, Reino Unido e vários países.

Mas a própria Kate Bush não tem um smartphone.

"Tenho um telefone muito antigo. Mas gosto dele porque passo muito tempo no meu laptop", disse.

"E quando saio durante o dia, isso significa que não tenho que lidar com e-mails e toda a agente sabe disso. Portanto, apenas recebo mensagens de texto e chamadas no meu telefone, e isso significa que tenho um pouco de paz".

EXCERTO DA ENTREVISTA.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.