"O Presidente da República recorda Roberto Leal com amizade, lembrando o seu papel junto das comunidades portuguesas, nomeadamente no Brasil, com ligação às suas raízes, durante várias décadas", lê-se numa nota da Presidência da República, enviada à Lusa, em que Marcelo também expressa as suas condolências à família.

O cantor morreu na madrugada de hoje, em São Paulo.

Roberto Leal - nome artístico de António Joaquim Fernandes - emigrou para o Brasil aos 11 anos, em 1962, com os pais e nove irmãos.

Em São Paulo, após trabalhar como sapateiro e vendedor de doces, iniciou a carreira de cantor.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.