“São concertos que pretendem englobar toda a família e que tentam fugir um pouco daqueles concertos mais sérios com repertório mais clássico e erudito”, explicou hoje à Lusa o maestro Rui Pinheiro, da Orquestra Clássica do Sul (OCS).

“A Menina do Mar”, de Sophia de Mello Breyner Andresen, é o conto que vai ser apresentado nas sessões de estreia deste ciclo de concertos, no domingo, enquanto “A história do pequeno alfaiate” dos irmãos Grimm foi escolhida para os concertos de 12 de fevereiro.

O concerto “Os músicos de Bremen”, também da autoria dos irmãos Grimm, está marcado para 12 de março enquanto para 14 de maio estão agendados os concertos que encerram esta iniciativa e que se inspiram na história de “Pedro e o Lobo”, de Sergei Prokofiev.

Os concertos vão decorrer no Teatro das Figuras, em Faro, pelas 12:00, e no Auditório Municipal de Lagoa, pelas 16:30, apresentados e enquadrados pela atriz Linda Valadas.

“É um tipo de concerto que pelo horário, pelo sítio e pelo programa tenta ser mais apelativo para que os pais levem os filhos e todos participem nesta aventura da música clássica”, comentou o maestro Rui Pinheiro.

O maestro contou ainda que, no final de cada concerto, há ainda tempo para algum contacto entre os mais pequenos e os 27 elementos da OCS.

“Alguns já me disseram que começaram a estudar instrumentos porque viram um concerto da orquestra e ficaram fascinados e isso é muito gratificante”, concluiu o maestro da Orquestra Clássica do Sul.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.