Esta é a primeira programação gizada por Elisabete Matos, diretora artística deste teatro desde outubro do ano passado.

O concerto de hoje celebra os 250 anos do nascimento de Beethoven, e apresenta o Triplo Concerto, estreado pelo próprio compositor alemão em 1804, em Viena.

No TNSC, os solistas vão ser Pedro Meireles (violino), Marco Pereira (violoncelo) e António Rosado (piano).

Segundo a informação divulgada pelo Teatro, em finais de agosto, "o regresso à atividade do TNSC acontece mais cedo porque se pretende devolver ao público algum do tempo em que a atividade esteve suspensa, e também porque está prevista a realização de uma intervenção delicada e muito importante no palco do Teatro (...) a substituição do pano de ferro (..) que tem início previsto para o final de outubro e duração estimada de algumas semanas".

A informação do TNSC não fazia referência a quaisquer outras obras no edifício, que abriu portas pela primeira vez em junho de 1793.

No próximo dia 19, a soprano Elisabete Matos atuará acompanhada pela OSP, para interpretar algumas das heroínas de várias óperas de Giacomo Puccini (1858-1924).

O concerto intitula-se "As Mulheres de Puccini" e inclui árias das personagens como Mimì, Turandot, Cio-Cio San, Tosca e Manon.

Muitas destas personagens foram já interpretadas por Elisabete Matos, que vai partilhar o palco com Dora Rodrigues e Carla Caramujo, sendo a direção musical de Domenico Longo, maestro que dirigiu, em fevereiro de 2015, no teatro lisboeta, a ópera "Macbeth", de Verdi, protagonizada por Elisabete Matos.

Uma semana antes, no dia 12 de setembro, Pedro Neves dirigirá a OSP num concerto com os solistas Hugues Borsarello (violino) e Gérard Caussé (viola d'arco), com a Sinfonia Concertante, de Mozart, concluída em 1779.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.