A arma foi descoberta numa bolsa, quando um membro da equipa do músico passou pelo controlo de segurança, de acordo com as autoridades locais.

Inicialmente, o membro da equipa disse ser o proprietário da arma, mas uma inspeção à mochila revelou outros objetos que pertenciam a Coolio. O rapper já tinha entrado no avião.

Conhecido em especial pela canção "Gangsta's Paradise", o músico foi retirado do avião e detido, depois de confessar que a mochila era sua.

O norte-americano irá agora enfrentar uma acusação de posse de armas de fogo agravada por dois casos prévios, segundo a procuradoria do distrito de Los Angeles.

Segundo os procuradores, Coolio tinha uma condenação de 2001 por transportar uma arma escondida no seu carro, e outra de 2009 por posse de cocaína.

A audiência está agendada para o dia 26 de outubro. Se for considerado culpado, o rapper pode ser condenado até três anos de prisão, segundo a acusação.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.