Rita Redshoes atua no dia de abertura, seguindo-se os D.A.M.A. no dia 13, Pedro Abrunhosa em 14 e a fadista Gisela João no dia 15.

O certame para os apreciadores de vinho espera este ano 45 mil visitantes, disse à agência Lusa o vice-presidente da câmara, Rui Costa.

Com o festival, a autarquia do distrito de Lisboa pretende “afirmar Alenquer como o principal território vinhateiro da região de Lisboa”.

Os visitantes vão poder provar mais de 200 vinhos da região de Lisboa, trazidos por mais de 40 produtores.

O programa conta com provas comentadas por enólogos e produtores, um mercado dos vinhos, conferências, cursos de vinhos, dias abertos aos visitantes nas quintas, demonstrações gastronómicas, workshops, tasquinhas e área de restauração, mostra de produtos regionais, animações permanentes no recinto, exposição de máquinas agrícolas e espaço com atividades para as crianças.

“É um programa a pensar nas pessoas que gostam de vinho”, sublinhou o autarca.

O certame tem um orçamento de 300 mil euros e entradas pagas a cinco euros ou passe de 10 euros para os quatro dias, desde que comprado com antecedência.

O Festival Alma do Vinho teve a sua edição inaugural em 2017 e recebeu 40 mil visitantes na edição de 2018, ano em que Alenquer foi em conjunto com Torres Vedras Capital Europeia do Vinho.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.