Na emissão de terça-feira, 3 de janeiro, da rubrica "O Homem que Mordeu o Cão", Nuno Markl contou a história de um casal norte-americano que "tentou vestir uma camisola tricotada a um pitbull e que acabou a levar dentadas". Segundo o humorista da Rádio Comercial, gerou-se uma onda de indignação nas redes sociais.
"Antes de mais, ontem gerei indignação nas redes sociais - eu já não era odiado há muito tempo nas redes sociais e já estava a estranhar (...) Fui insultado a torto e a direito e considerado um odiador de pitbulls", escreveu Markl na sua conta no Facebook.

"Não - eu odeio é pessoas, reparem. Pitbulls, como todo e qualquer cão, eu adoro. E sim, o pitbull não é tão feroz como às vezes se faz crer e é um cão que pode ser incrivelmente meigo; mas é um cão que convém saber ter e saber cuidar. Todos são, aliás. Eu diria que, no entanto, requer um pouco mais de responsabilidade ter um pitbull do que ter a minha cadela Uva, que é uma rafeira que confia tanto nos humanos que à conta disso acabou sem um olho e com o corpo cheio de chumbos. Agora, em nenhuma altura eu sou contra pitbulls. Pelo contrário", frisou.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.