A programação até abril do teatro, situado em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, foi hoje apresentada ao público e imprensa, numa "nova abordagem", de porta aberta, "transformando este momento num tempo de partilha e celebração em torno do incremento de um hábito que se quer transversal", assinalou o presidente do conselho de administração do Teatro Micaelense, Alexandre Pascoal.

Já no sábado, apresenta-se nos Açores o humorista Bruno Nogueira, com o espetáculo "Depois do Medo", enquanto ainda no campo do humor, Salvador Martinha passa pela ilha de São Miguel com o espetáculo "Cabeça Ausente" no dia 8 de fevereiro.

Nos próximos meses, o Micaelense terá "uma presença mais substantiva do teatro", com a estreia de "Pelo Próprio Pé", com interpretação e criação de Miguel Mendes e Nelson Cabral; "Baleizão, o valor da memória", um "exercício de memória e de celebração da vida, entre dois amigos", Miguel Horta e Aldara Bizarro; e a estreia, em São Miguel, do Teatro Meridional, com "O Senhor Ibrahim e as Flores do Corão", nas interpretações de Miguel Seabra (texto) e Rui Rebelo (música).

No que refere à música, os destaques maiores são atuações dos alcobacenses The Gift, que trazem aos Açores em 16 de março um novo espetáculo, e de Pedro Abrunhosa, que apresenta o novo álbum "Espiritual" em 27 de abril.

Sessões de cinema, o tradicional Baile de Máscaras, espetáculos de dança, concertos integrados no festival Tremor (que decorre na ilha em abril), leituras dramatizadas de peças de teatro de autores portugueses e uma mostra fotográfica sobre a construção do Teatro Micaelense são outros destaques do espaço até abril.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.